A tradição… ainda é o que era!

É no frio de Moscovo que Christophe Sauvat se vai inspirar para a coleção FW18. Até lá, quisemos saber mais sobre as tradicionais cestas portuguesas que o criador francês foi buscar para a próxima estação quente.

 

Sei que o azul da Comporta está sempre muito presente, mas no que diz respeito a objetos tradicionais portugueses, pergunto-lhe se esta é a primeira vez que os traz para as suas coleções?

Sim, no que toca a objetos ditos tipicamente portugueses, e à utilização de técnicas tradicionais de fabrico originárias de Portugal, esta é a primeira vez.

Apesar de, por exemplo na coleção passada de inverno, termos fabricado muitos dos produtos em Portugal, as malhas e as gangas.

Nesta coleção, há um par de calças muito especial, com o cunho made in Portugal que pertencem a uma coleção cápsula feita em colaboração com a stylist francesa Johanna Fath.

De que modo é que as nossas cestas captaram a sua atenção?

Numa viagem pela costa portuguesa, o ano passado, reparei nas cestas que me faziam lembrar as ondas gigantes da Nazaré. E, numa associação nostálgica à minha infância, no sul de França, o barulho da palha das cestas recordava-me os grilos que ouvia em criança até adormecer.

Que outros produtos portugueses poderiam inspirar as suas coleções?
Produtos não sei bem, nunca pensei nisso. Mas há um símbolo português, muito português, que é utilizado em muitos produtos talvez pela sua versatilidade e elegância.

O galo de Barcelos poderia inspirar-me, talvez pelas suas cores garridas, já que também adoro usar cor.

Sei que neste momento está a iniciar uma viagem em busca de novas inspirações. Quais os destinos escolhidos para se inspirar para a próxima estação FW18?

Penso que partirei para Moscovo.

 Como são normalmente planeadas essas viagens?  Viaja sozinho? Pode explicar-nos esse processo?

Sim, normalmente viajo sozinho. O processo é mais simples do que se pode imaginar: procuro um local que já visitei e deixou saudades, ou algum lugar que esteja nas minhas fantasias de curiosidade.

Não planeio com muita antecedência por gostar de manter a espontaneidade, e por acreditar que a genuína inspiração é difícil de planear.

Também não procuro satisfazer as minhas necessidades ou conforto, penso que o conforto seja um estado que graça que pode existir em qualquer lugar, e que a inspiração surge, também, quando estamos fora da nossa zona de conforto, do nosso habitat natural.

A nova coleção, na qual já se encontra a trabalhar, vai voltar a ter alguma referência à cultura ou tradição portuguesa?

As carteiras Patinho e Agakhan continuarão a fazer parte da nova coleção que, por serem Maison Christophe Sauvat, apresentam-se intemporais, ou seja, sem estação.

E o que pode adiantar mais sobre esse novo trabalho?

Não posso revelar muito… posso apenas dizer que a mulher Christophe Sauvat da próxima estação será ainda mais destemida que a das estações anteriores, e traduzirei o seu savoir faire de rebeldia, espontaneidade e genuinidade em conforto e elegância: porque ela é uma mulher ativa e em constante mutação, mas também atenta às tendências e fiel a si própria.

Por enquanto, vá espreitando a próxima coleção primavera/verão 18

+1 -0
Total
30
Shares

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   000-089   300-135   9A0-385   1V0-601   70-412   70-347   300-070   000-104   350-060   200-310   70-488   C_TFIN52_66   N10-006   000-017   NS0-157   c2010-657   CAP   70-413   220-801   200-310   200-120   500-260   CISM