Fixe este nome: Mariana Rodrigues

Um cartaz gigante em Times Square, uma montra em Regent Street, sacos, páginas de publicidade em revistas internacionais. Os trabalhos da designer Mariana Rodrigues correm mundo, só lhe falta o mercado nacional.

Em Londres, onde reside, exibiu em janeiro na movimentada Regent Street, uma montra inteira com as suas composições de flora e fauna alusivas à Etiópia e ao Uganda. Países de origem das variedades Arábica e Robusta, respectivamente, que inspiraram as recentes sleeves da edição limitada da Nespresso, criada pela ilustradora portuguesa de 31 anos.

À chegada a Lisboa, quando começou a ver os sacos com os mesmos motivos a andarem de mão em mão, sentiu que era real, ainda que goste de pensar que os seus trabalhos são mágicos.

“Gosto de desconstruir as realidades, de idealizar universos sempre coloridos com cores fortes e vibrantes, cheios de detalhes que não são perceptivos à primeira vista, que é preciso observar com atenção”, conta.

As suas criações estão a anos-luz dos primeiros trabalhos quando concluiu o curso na Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos, nessa altura tentou o design gráfico antes de partir à descoberta do mundo.

Já tinha feito Erasmus em França e, desde cedo, calcorreou a Europa, o Brasil, a Venezuela, com os pais. Em 2012, o namorado foi colocado em Zurique, Suíça, e deixou tudo para o acompanhar e tentar novos desafios. Levava um portefólio que marcava pela plasticidade e isso facilitou na hora de arranjar trabalho.

Um ano depois começaram a desenhar uma nova aventura: Tóquio. Novamente o namorado a abrir caminho, pediu uma transferência dentro da sua empresa com escritórios no Japão e rumaram ao Oriente.

Patrick Watson, o cantor e compositor canadiano que colaborou com The Cinematic Orchestra, entrou pela porta dentro e fixou-se nos trabalhos de Mariana. Deixou-lhe uma encomenda e, assim, surgiu uma t-shirt. “Foi o meu primeiro cliente”, diz.

Tóquio foi embriagante e intenso, pela diferença, pelo ritmo, pela barreira linguística, pela distância. Seis meses depois, era hora de partir. Ponderaram Nova Iorque, mas pesou o facto de “haver muitas oportunidades na indústria criativa em Londres”. Um mês depois estava agenciada pela Jelly London e as oportunidades começaram a surgir.

As solicitações começaram a chegar: Bombay Sapphire, Original Souce, British Heart Foundation, para quem está a desenvolver outro projecto. Já tinha experimentado o editorial, nas revistas Vogue Japão e na britânica Country Living.

“A publicidade é a área que mais gosto, a pressão dos prazos ajuda-me”, refere Mariana que já se habitou a ter pouco tempo para dar largas à criatividade.

No caso da Nespresso foram poucos meses até tudo estar do lado do cliente e ela que nunca foi a África teve que mergulhar na pesquisa para conhecer as lendas do continente africano e a origem do café até chegar a cada um dos elementos com rigor.

“Quando se trabalha com marcas de escala global não há margem para erros e tenho que estar bem documentada”.

Por exemplo, quando um dos elementos da equipa chamou a atenção para a arara que apresentava na ilustração do lote da Etiópia e que corrigia como sendo do Brasil, ela sabia que naquele país africano existia de facto o papagaio que desenhou, espécie única por aquelas paragens.

“Sou obcecada pela perfeição”.

Trabalha em casa, onde os horários vão sendo traçados à medida dos prazos definidos. Gosta de ter música por companhia – “Björk, a número um da playlist, Arcade Fire, Bon Iver, Patrick Watson para sempre” –, outras vezes, é um filme que já tinha visto para “ter barulho de fundo”.

Começa pela fotografia, pesquisas no Instagram, no Google, daí aos livros até começar a juntar as peças do puzzle no ecrã do computador.

“Antes desenhava em papel, mas com a experiência percebi que era mais fácil recorrer à tecnologia do que ter de refazer tudo quando quero apenas mudar uma cor ou corrigir um detalhe”.

Mariana Rodrigues

São quase sempre elementos da natureza, animais, flores, frutos, que adora desenhar, como se esse fosse o seu habitat natural juntando-lhe “alguma magia e novas formas”, embora gostasse de se adentrar noutros registos, ter clientes na área da moda e na ilustração de livros infantis.

A experiência mostrou-lhe que a geografia não a vai condicionar – juntou-se também à lista de artistas agenciados pela americana Garance Illustration –, por isso, ultimamente, outra ideia começa a ganhar corpo: voltar para Portugal.

“Talvez este ano”, antevê, “está na hora de regressar a casa”. E talvez surjam depois projetos nacionais, o que ainda continua a faltar no seu portefólio.

Sandra Nobre Tiago de Paula Carvalho e D.R.

+0 -0

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   000-089   300-135   9A0-385   1V0-601   70-412   70-347   300-070   000-104   350-060   200-310   70-488   C_TFIN52_66   N10-006   000-017   NS0-157   c2010-657   CAP   70-413   220-801   200-310   200-120   500-260   CISM